Coxinha da Cerveja Gourmet

Saudações Bimbos e Bimbas do nosso tão amado território nacional que continua com seus 26 estados…

A aproximadamente duas semanas foi inaugurada no bairro da Lapa (Zona Oeste de São Paulo) um novo ponto de encontro para os apaixonados por cervejas especiais, o Bar Cerveja Gourmet, a casa conta com aproximadamente 200 rótulos, nacionais e internacionais. E no caso de você não saber o que escolher, ou ter alguma dúvida na hora de harmonizar, eles tem um sommelier, o  Guilherme Balbin.  Mas para não ficar delongando muito aqui, se vocês se interessarem em mais detalhes do bar, é só dar um pulo no Boteco & Cerveja, lá tem tudo bonitinho, e o casal Elder e Jana são de confiança no que diz respeito a cerveja.

Como o povo aqui do blog não vive só de coxinha e pingado, resolvi ir lá para tomar uma cervejinha, mais especificamente a boa e velha Guinness, que por sinal estava muito boa, uma pena que a máquina de chopp Guinness não estava funcionando, pois se estivesse, seria melhor ainda.

Mas vocês devem estar se perguntando: Ele vai ficar falando de Cerveja??? Cade a Coxinha????  Palpa, Palma não priêmos cânico…

Para a nossa alegria eles tinham coxinha no cardápio, e é claro que o Titio aqui já foi logo solicitando aos membros da brigada que me trouxessem uma, claro! Mas chega de ladainhas e vamos ao que interessa.

Foto: Elder Puggina

As notas:

Gabú
Casca 6
Massa
Leveza 6,5
Tempero 6
Espessura 5
Frango
Compactação 4
Tempero 6
Quantidade 4
Qualid. Do Desfiado 5
Conjunto da Obra Formato 5
Oleosidade 7
Sabor 6.5
Tamanho 5
Total 56

Custo: R$ 4,00

Meus Comentários: A primeira surpresa dessa coxinha foi a rapidez com que ela veio à mesa, menos de três minutos após o pedido, o que logo indicou que ela já estava pronta, o que foi confirmado logo na primeira mordida uma vez que estava de morna para fria. fiquei sabendo mais tarde que o que suspeitava era verdade, ela estava guardada em um estufa no balcão. No geral não foi uma excelente coxinha, massa pesada, frango processado e pálido e muita falta de tempero, reconheci apenas uns três micro pedaços de salsinha no recheio e mais uns dois na massa. Um ponto positivo é que ela não era muito oleosa, talvez pelo fato de ter passado um bom tempo na estufa.  O Bar ainda é novo, não completou nem um mês, então acho que ainda dá pra resolver esses deslizes, afinal tudo o que provamos fora a coxinha estava muito bom.

Cerveja Gourmet
Rua Tito, 400
Lapa – São Paulo SP

Anúncios
Esse post foi publicado em Avaliação, Coxinha, Gabú, Lapa, Zona Oeste e marcado , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Coxinha da Cerveja Gourmet

  1. rafael assad luz disse:

    kkk recheio pálido, só 3 salsinhas, gostei da avaliação, kkkk, mas com certeza depois d lerem este post, meu irmão, vão melhorar e por um pouquinho mais d colorau no frango

  2. Agradeço a visita e as críticas construtivas. Realmente vc nos visitou na primeira semana de funcionamento e espero que não a tome como única referência do que pretendemos ter como padrão de qualidade dos produtos oferecidos. Com relação à Coxinha e os outros salgados, como nossa cozinha é aberta e faz parte do salão, optamos realmente por concentrar as frituras fora do horário de pico de movimento (mesmo tento um bom sistema de exaustão). E nesse caso, a estufa é a única forma de conservação que mantém o salgado “próximo” da qualidade da hora da fritura. E demoramos alguns dias para chegar na temperatura correta desse equipamento sendo que hora ficava fria e hora queimava no fundo. Acredito que já tenhamos chegado no meio termo ideal. Por último, os próximos lotes sairão com o frango menos processado e com uma carga pouco maior de salsinha (me desculpem os entendidos mas colorau, jamais). Espero que vc passe por aqui mais algumas vezes para conferir essa e as outras receitas (e cervejas, é claro). O chopp Guinness já foi normalizado até que a importadora (única) dê mais uma “engasgada” no fornecimento….

    • Gabú disse:

      Fernando,
      Primeiramente, obrigado pelo comentário, ficamos muito felizes em ver esse retorno. Eu realmente adorei a casa, i seguramente irei voltar mais vezes, sem dúvida alguma, e até já divulguei-a para mais amigos que também gostam de cervejas especiais e de bons ambientes, e isso realmente a casa faz com maestria. Você tem razão em não querer fazer as frituras na hora, mesmo eu preferindo assim…rs. Mas se você acertou o ponto da estufa, perfeito, afinal, quantas vezes por dia não comemos salgados de estufa, e em por isso eles deixam de ser bons?!?! Quanto ao coloral, concordo com você, não é a melhor solução, um pouco de tomate, talvez…
      Pode ter certeza que eu voltarei a casa sim, ela já esta no meu caderninho de favoritas, ainda mais agora que vocês conseguiram normalizar o chopp Guinness e também preciso provar mais coisas …
      Um Abraço

  3. Elder disse:

    Ae Gabú, precisamos marcar uma volta ao cerveja gourmet para provar os novos lotes da coxinha!!! E tomar Guinness é claro!!!

    Abs!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s